terça-feira, 24 de julho de 2012

Os meus fantasmas 2º

Conheço-te há onze anos mais coisa menos coisa. O teu nome não é relevante aqui.
Foste o homem da minha vida, hesito em escrever no passado. Às vezes, ainda penso que és.
De nós, sim porque nós fomos um nós, lembro-me da cumplicidade fácil, da sintonia nos planos, das piadas que fazíamos à conta um do outro.
Lembro-me em particular de uma noite, em que por eu estar com uma pessoa, não me beijaste. Nem sabes o quanto penso na possibilidade de o teres feito, o quanto penso em como as nossas vidas seriam diferentes.
Lembro-me do nosso primeiro beijo e do quanto lutaste comigo para o teres. Recordo-me também do quanto me magoaste pouco tempo depois quando me disseste que eu tinha sido uma aposta, tínhamos quê, 16/17 anos? Mais tarde, disseste-me que isso não era verdade, que apenas mo tinhas dito porque não sabias lidar com o que sentias.
Chateá-mo-nos tantas vezes que perdi a conta. Perdi também a conta às vezes em que nos deixámos de falar, nunca por muito tempo. Voltávamos sempre a falar um com o outro como se nada se tivesse passado. 
E o que gozávamos um com outro era uma coisa absurda.
Depois deu-se a mágoa final entre nós. Foi o fim. O que era platónico, que nunca tinha passado de uns beijinhos, passou a ser físico, simplesmente físico, mas curiosamente sem nunca passar de uns amassos. Nunca fomos além disso.
Hoje fomos e sinto que houve um mito que se quebrou. É estranho. Já te tinha enterrado, numa cova pouco profunda. Já quase não pensava em ti. Não digo que isto tenha despertado sentimentos em mim, não despertou.
Foste o homem que se me ligasses agora e me dissesses "vamos fugir juntos" eu largava tudo e ia, agora já não és (digo isto sem qualquer tipo de convicção e baixinho).

4 comentários:

PinUp Me disse...

Profundo... nem sei o que diga... mas remexer no passado por vezes é bom, mas por vezes traz chatices :\
No entanto pareces-me tranquila no meio disto tudo ;) é o que interessa

BubbleGum disse...

Este é um passado presente. Já compreendo que o que poderia ter sido mágico entre nós já não vai ser.
Mas já encontrei paz no meio disto tudo.

Aninhas22 disse...

É bom ter um espaço onde se pode partilhar o que se sente. Espero que essa história esteja resolvida em ti e que a recordes como uma experiência :)

Ainda bem que o blog está normal. Tinha receio que com a mudança de link o blog fosse dado como removido :)

BubbleGum disse...

Esta história está bem resolvida, sim. Mas demorou a chegar a essa conclusão.
Esta relação é cheia de contornos que só nós percebemos.