sexta-feira, 15 de junho de 2012

Olha que ainda comes uma mosca...

A certa altura na minha infância, lembro-me que respirava frequentemente pela boca e não pelo nariz. Isto dava-se simplesmente porque passava o tempo com o nariz entupido (e sim assoava-me com frequência - quanto mais não fosse porque a minha Mumy dava-me cabo do juízo - mas não levava a nada).
Ora voltando ao relato de respirar pela boca... Pois bem, ia eu no carro, banco de trás, cinto posto (na altura parecia que ia ser uma pessoa responsável - repito - parecia) e obviamente a respirar pela boca, o que significa que ia de boca aberta.
A certa altura, o meu Papi do alto da sua sabedoria, diz-me o seguinte:
- Fecha a boca antes que comas uma mosca!
(Todos nós a determinada altura da vida já ouvimos isto)
Dito e feito, fechei a boca. Pois não é que no momento exacto em que fecho a boca, sinto um som estaladiço dentro da boca com um sabor profundamente nojento... E o que era?? Uma Mosca!!
Sim leram bem, uma mosca.
Ora, a meu ver as probabilidades de trincarem uma mosca devem ser ainda mais remotas que ganhar o EuroMilhões (não, ainda não o ganhei - mas já trinquei uma mosca).
Conclusão desta história, respirem de boca fechada, porque uma mosca pode decidir circular pela vossa boca no preciso momento em que resolvem respirar pelo nariz...

2 comentários:

Aninhas22 disse...

Acho que também já me aconteceu xD

BubbleGum disse...

Acho que foi a pior sensação que tive na vida... Só de me lembrar disso fico toda arrepiada. =S